Como as cores de carro influenciam no preço de venda?

Se você é uma pessoa extremamente minuciosa antes de comprar um carro, principalmente com a cor, saiba que está totalmente certo. Muitas pessoas não sabem, mas as cores de carro podem influenciar muito no preço final do veículo.


Tudo se baseia na lei da oferta e procura: quanto maior a demanda por um produto, maior o valor estabelecido para ele. Cores populares como branco, preto e prata tendem a desvalorizar menos com o tempo — o que garante a eles um valor de revenda mais alto.


Entre todas as cores , quem acha que preto e prata dominam a preferência de quem compra carro no Brasil e em toda a América do Sul está enganado. Conforme a pesquisa de mercado feita todos os anos pela PPG, renomada fabricante de tintas e revestimentos, o branco quase triplicou em participação nas vendas em menos de uma década. Passou de 13% em 2009 para 37% atualmente, ocupando a primeira posição no ranking das cores mais procuradas na hora da compra do carro novo.

Conforme o Diretor do Laboratório Automotivo OEM da PPG, Alex Amorim, “pela alta demanda dos últimos anos, o mercado desenvolveu variações de brancos. O mais sofisticado é o branco perolizado, que é mais difícil de produzir e possui um valor maior. O mais vendido é o branco liso tradicional”, afirma o executivo. Ainda de acordo com Amorim, outra novidade foi o desenvolvimento de um branco liso um pouco mais escuro e amarelado, chamado de off white. Esse diferencial apresentado pelas montadoras conquistou o consumidor brasileiro


Depois do branco, quais cores vêm em seguida?


Com a disparada do branco, o segundo lugar no ranking da preferência das cores fica com o prata, com 29% da procura. De acordo com o relatório anual da Axalta Coating Systems, fornecedora de revestimentos líquidos e em pó, a cor prata se estabilizou depois de ter diminuído durante os últimos quatro anos e se manteve em 13%.

Em terceiro lugar fica o preto (12%). Em quarto o cinza (10%) e e quinto lugar o vermelho (8%). Conforme Nancy Lockhard, gerente de marketing para cor da Axalta Coating Systems, fornecedora de revestimentos líquidos e em pó, o vermelho subiu 10% no mercado da América do Sul, enquanto os azuis de tom médio são importantes na Europa e os azuis brilhantes têm ganhado popularidade na América do Norte.


As cores de carro mais caras


Como dito anteriormente, as cores mais procuradas tendem a ser também mais caras. No entanto, não é apenas a cor que define o valor do carro: o tipo de pintura também altera o preço final.


A pintura mais comum é a sólida que, por ser de pigmento simples, não altera o valor do carro. Já a metálica e a perolizada, devido à pigmentação, podem deixar o veículo mais caro.


Em questão de cor, as mais valorizadas são:


branco

prata

preto

cinza

vermelho


Para o nosso país com clima tropical e temperaturas quentes a cor branca tem se tornado cada vez mais valorizada, isso porque cores escuras podem aumentar a temperatura no interior do veículo em até 9°C.

A cor branca reflete até 80% da luz solar visível, enquanto o preto reflete apenas 5%.

Outra consequência desse fato pode ser uma maior economia de combustível em carros equipados com ar-condicionado automático. Neles, o compressor do ar-condicionado faz pausas no funcionamento conforme a temperatura estipulada é atingida, demandando menos energia do motor.


Após todas essas informações, ficou mais fácil escolher a cor do carro novo, acompanhe nosso blog e fique atualizado com as noticias do mundo automotivo.







1,181 visualizações

REPÚBLICA DOS PNEUS

Tel: (11) 2359-9186

Whats: (11) 94021-9651

Rua Jacirandi 747, Tatuapé , São Paulo SP

  • Facebook ícone social
  • kisspng-social-media-computer-icons-yout

Todos os direitos reservados ©2018 por CBC Company